Entrar

Comissão de Constituição e Justiça inicia trâmite acelerado da Reforma da Previdência nesta quarta-feira (14)

Imagem: Comunicação da Intersindical
Compartilhe:

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados surpreendeu nesta segunda-feira (12) com um novo golpe, desta vez para acelerar a tramitação da Reforma da Previdência (PEC 287/16) sem o devido debate com a sociedade.

O parecer favorável do relator, deputado Alceu Moreira (PMDB-RS / foto), foi formalmente apresentado na comissão, mesmo sem ter sido lido.

Após fortes protestos por parte da oposição, a votação acabou adiada para esta quarta-feira (14) por causa do pedido de vista coletivo. 

Para que o cronograma de votação da agenda do golpe ocorra como planejou o governo Temer, será necessária a realização de uma sessão extraordinária da Câmara na manhã de quarta-feira, deixando a votação na CCJ para a parte da tarde e noite. E é exatamente isso que os deputados pretendem fazer se a sociedade não pressionar contra esta aceleração desenfreada nos trâmites da PEC 287.

Calendário

Após a aprovação do relatório será criada uma comissão especial para analisar a proposta. O colegiado terá até 40 sessões da Casa para discutir, debater e votar a PEC da Previdência. Depois, a proposta será encaminhada à discussão e votação no plenário da Câmara, em dois turnos.

A intenção do governo é que a comissão seja criada ainda este ano para acelerar o trabalho de apreciação da PEC da reforma da Previdência, para que a proposta seja aprovada na Câmara até abril do próximo ano, antes de seguir para o Senado.

PSOL, Rede, PCdoB e PT fizeram obstrução dos trabalhos. Do lado da base aliada, o PSB e o PTB se posicionaram contra a leitura do parecer na segunda-feira. O PSB chegou também a entrar em obstrução por entender que o governo está querendo “atropelar” a discussão da matéria.

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora

Acha esse conteúdo importante? Entre em nosso grupo de WhatsApp ou inscreva-se para receber nossa Newsletter

Comente esta publicação

Acompanhar a discussão
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora | 2014-2024. Sede Nacional: Rua Riachuelo, 122 - CEP: 01007-000 | Praça da Sé - São Paulo - SP | Fone: +55 11 3105-5510 | E-mail: [email protected] Sindicatos e movimentos sociais. Permitida a reprodução dos conteúdos do site, desde que citada a fonte. Esse site é protegido por reCAPTCHA. Políticas de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam
Pular para o conteúdo