Fim das demarcações de terras indígenas e quilombolas pode ser definida hoje

Imagem: Comunicação da Intersindical
Compartilhe:

Votação da PEC 215/00, de demarcação de terras indígenas, é adiada para esta quarta-feira (21)

Depois de quase duas horas de debates em torno de atas e outros procedimentos regimentais, os ruralistas conseguiram iniciar ontem (20) a discussão da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 215/00) que dá ao Congresso a palavra final sobre a demarcação de terras indígenas.

Com isso, a votação da PEC 215/00 poderá ocorrer ainda nesta quarta-feira (21) na Comissão Especial que trata da demarcação de terras indígenas. Os ruralistas, no entanto, compõem maioria.

A PEC 215/00 representa o fim das demarcações de terras indígenas e quilombolas, devido ao poder da bancada ruralista no Congresso. O texto proíbe a ampliação daquelas já demarcadas e garante indenização aos proprietários de áreas dentro dessas reservas.

Existem atualmente 228 processos visando a homologação de terras indígenas, 144 processos subjudice que poderão ser engavetados pela Justiça em favor dos latifundiários e 1.611 processos pendentes relacionados a terras quilombolas correndo o risco de serem definitivamente arquivados se o Congresso (financiado pelos latifundiários e a indústria do agronegócio) ganhar a prerrogativa de decidir sobre as demarcações de terras indígenas e quilombolas.

Acha esse conteúdo importante? Entre em nosso grupo de WhatsApp ou inscreva-se para receber nossa Newsletter

Comente esta publicação

Acompanhar a discussão
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora | 2023 Sede Nacional: Rua Riachuelo, 122 - CEP: 01007-000 | Praça da Sé - São Paulo - SP | Fone: +55 11 3105-5510 | E-mail: [email protected] Sindicatos e movimentos sociais. Permitida a reprodução dos conteúdos do site, desde que citada a fonte. Esse site é protegido por reCAPTCHA. Políticas de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam
Pular para o conteúdo