Bolívia tem a menor taxa de desemprego da América do Sul

Bolívia tem a menor taxa de desemprego da América do Sul

Compartilhe

A Bolívia, por meio de investimentos públicos, reduz pela metade a taxa de desemprego nos últimos 12 anos.

Após o lançamento, em maio do ano passado, do ambicioso Plano Nacional de Emprego, que destinou 146,4 milhões de dólares para geração de novos postos de trabalho, a Bolívia se torna o país com menor taxa de desemprego da América do Sul.

Em 2005, o desemprego atingiu 8,1% da população economicamente ativa, essa taxa foi reduzida para 4,5% em 2017, segundo dados do BID. A perspectiva é que em 2018 continue a tendência de queda, devido a manutenção das políticas governamentais de apoio à atividade produtiva.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Ano passado, o Brasil atingiu a taxa de 12,7 , segundo dados da PNAD Contínua, ou seja, praticamente 3 vezes maior do que a Bolívia.

A questão fundamental é que com a Reforma Trabalhista e demais medidas de redução de investimentos públicos, a tendência é que 2018 termine com uma taxa ainda maior de trabalhadores sem ocupação.

Texto: Pedro Otoni


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

11/08 - Intersindical nas ruas em Defesa da Democracia e por Fora Bolsonaro
11/08 - Intersindical nas ruas em Defesa da Democracia e por Fora Bolsonaro
Lula em Diadema, melhores momentos
Lula em Diadema, melhores momentos
Intersindical participa do 9 de JULHO: DIA DA LUTA OPERÁRIA
Intersindical participa do 9 de JULHO: DIA DA LUTA OPERÁRIA
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

DESTAQUES

NOTÍCIAS

Skip to content