Entrar

Fotos: Fórum de trabalhadores realiza ato por justiça e reparação das violações durante a Ditadura

Imagem: Comunicação da Intersindical
Compartilhe:

Lúcio Bellentani estava trabalhando na fábrica da Volkswagen de São Bernardo do Campo, em 1972, quando dois homens portando metralhadoras o algemaram e o levaram à sala de segurança da empresa. Segundo seu depoimento à extinta Comissão Nacional da Verdade, lá mesmo, dentro do local de trabalho, já começaram a torturá-lo. Tapas, socos e muita violência fizeram parte de sua prisão, junto a mais de vinte operários na mesma ocasião.

Este e outros cruéis casos motivam o Fórum de Trabalhadores e Trabalhadoras por Verdade, Justiça e Reparação (antigo GT 13), do qual a INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora faz parte, a ainda continuar lutando pela apuração das responsabilidades de diversas empresas na repressão a trabalhadores e dirigentes sindicais durante a Ditadura, mesmo após o encerramento da CNV. [Leia a notícia completa aqui…]

[cincopa AUJAOoMtCReB]

[metaslider id=2450]

Acha esse conteúdo importante? Entre em nosso grupo de WhatsApp ou inscreva-se para receber nossa Newsletter

Comente esta publicação

Acompanhar a discussão
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora | 2014-2024. Sede Nacional: Rua Riachuelo, 122 - CEP: 01007-000 | Praça da Sé - São Paulo - SP | Fone: +55 11 3105-5510 | E-mail: [email protected] Sindicatos e movimentos sociais. Permitida a reprodução dos conteúdos do site, desde que citada a fonte. Esse site é protegido por reCAPTCHA. Políticas de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam
Pular para o conteúdo