intersindical
Entrar
no grupo

Ford anuncia PDV e ameaça demitir 2 mil trabalhadores de Camaçari (BA)

Imagem:
Compartilhe:

A Ford anunciou na última segunda-feira (14) o encerramento do terceiro turno de produção (noturno) a partir de março do ano que vem e abriu um Plano de Demissão Voluntária (PDV) para “ajustar os níveis de produção à demanda de mercado”, segundo a justificativa da montadora, entre os funcionários da fábrica de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (BA).

A extinção do terceiro turno atinge cerca de 2 mil funcionários, sendo 45% da Ford e os demais referentes às empresas sistemas que produzem peças no complexo automotivo baiano. Os trabalhadores interessados em aderir ao PDV devem aderir no período de 4 a 15 de janeiro de 2016.

A Ford emprega atualmente cerca de 4.500 funcionários, sendo responsável pela geração de outros 6 mil postos de trabalho das empresas sistemistas do complexo.

Os trabalhadores de Camaçari denunciam ainda que neste início de dezembro foi anunciado um corte de mais de R$ 1800 no valor da Participação nos Lucros e Resultados.

Acha esse conteúdo importante? Entre em nosso grupo de WhatsApp ou inscreva-se para receber nossa Newsletter

Comente esta publicação

Acompanhar a discussão
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora | 2014-2024. Sede Nacional: Rua Riachuelo, 122 - CEP: 01007-000 | Praça da Sé - São Paulo - SP | Fone: +55 11 3105-5510 | E-mail: [email protected] Sindicatos e movimentos sociais. Permitida a reprodução dos conteúdos do site, desde que citada a fonte. Esse site é protegido por reCAPTCHA. Políticas de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam
intersindical

Cadastre-se

Receba novidades em seu e-mail. Sem spams.
Pular para o conteúdo