Entrar

No MA, Sem Terra ocupam latifúndio e denunciam inoperância dos órgãos responsáveis

Imagem: Comunicação da Intersindical
Compartilhe:

Cerca de 150 famílias ocuparam a Fazenda São Francisco, no Município de Amarante (MA). A área reivindicada pode chegar a 10 mil hectares.

Cerca de 150 famílias de trabalhadores rurais Sem Terra ocuparam, na madrugada deste sábado (15), a Fazenda São Francisco, no Município de Amarante do Maranhão.

Segundo os Sem Terra, a fazenda é mais uma das “incalculáveis áreas da União sequestradas por grileiros na conhecida região do Vale do Pindaré”, disseram em nota. A região agrega cerca de cinco municípios da região central do Estado.

Segundo a coordenação estadual do MST, a área reivindicada pode chegar a 10 mil hectares. 

“Isso é inadmissível, já que a maioria da população do Maranhão vive no campo, mas sem o direito de uso da terra por causa das grilagens e os intermináveis latifúndios, que se concentram cada vez mais”, continua a nota.

A ocupação dos Sem Terra denuncia ainda a inoperância dos órgãos responsáveis pela questão agrária, principalmente o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o Programa Terra Legal, responsável pela regularização fundiária de terras federais, como é o caso da Fazenda São Francisco.  

No estado do Maranhão cerca de 2 mil famílias permanecem acampadas aguardando a criação de novos assentamentos.

Fonte: Página do MST

Acha esse conteúdo importante? Entre em nosso grupo de WhatsApp ou inscreva-se para receber nossa Newsletter

Comente esta publicação

Acompanhar a discussão
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora | 2014-2024. Sede Nacional: Rua Riachuelo, 122 - CEP: 01007-000 | Praça da Sé - São Paulo - SP | Fone: +55 11 3105-5510 | E-mail: [email protected] Sindicatos e movimentos sociais. Permitida a reprodução dos conteúdos do site, desde que citada a fonte. Esse site é protegido por reCAPTCHA. Políticas de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam
Pular para o conteúdo