Moção de solidariedade a Paulo Galo e por justiça

Paulo Galo
Imagem: Comunicação da Intersindical
Compartilhe:

Os delegados e delegadas do 3º Congresso da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, reunidos nos dias 10, 11 e 12 de março de 2023 em São Paulo/SP manifestam total SOLIDARIEDADE ao companheiro Paulo Galo, liderança reconhecida dos Entregadores Antifascistas, em reação às denúncias da tortura política e da violência sofrida por ele em uma blitz policial na capital paulista. 

No dia 15 de fevereiro deste ano, em um túnel, Paulo “Galo” foi pego por estar sem capacete e encaminhado à delegacia da comunidade onde vive em São Paulo/SP. Entre as 6 horas da manhã e meio dia ele foi torturado por policiais. Os torturadores, enquanto o queimavam covardemente, se referiam às suas posições em defesa dos direitos dos trabalhadores e por ter defendido a candidatura democrática do Presidente Lula, além de ter organizado o protesto junto à estátua do torturador Borba Gato. 

A violência policial no Brasil é endêmica e inaceitável é o caso denunciado por este militante é exemplar do quão grave e inaceitável é essa prática. Chama atenção que a violação cometida pela liderança – o fato de estar transitando de moto sem capacete – não é crime, é apenas uma violação às leis de trânsito e não pode ser punida com detenção, além disso foi cometida diversas vezes pelo ex-presidente fascista enquanto este cercado por membros das polícias não foi sequer multado pela infração de trânsito, o que demonstra que a ação policial nada tem relação com a infração, mas com a escolha por punir os periféricos e os que denunciam a exploração e opressão e defendem os direitos da maioria da população, os trabalhadores e as trabalhadoras, especialmente quando pretos e periféricos.

Ressaltamos ainda que tortura é crime contra a humanidade e é crime hediondo e imprescritível, sendo ainda mais grave quando cometido por agentes do Estado responsáveis por garantir o cumprimento da lei. A tortura, não é apenas um desvio de conduta de agentes do estado,  mas é sobretudo um instrumento de manutenção do sistema de exploração e opressão e também, nesse caso,  uma forma de perseguição política. 

Desta forma, a Intersindical exige que as denúncias sejam apuradas e cada um dos responsáveis sejam punidos de maneira exemplar.

Total solidariedade ao companheiro Paulo Galo!

Pelo fim da tortura e da violência policial!

São Paulo, 12 de março de 2023.

3º CONGRESSO DA INTERSINDICAL CENTRAL DA CLASSE TRABALHADORA

Acha esse conteúdo importante? Entre em nosso grupo de WhatsApp ou inscreva-se para receber nossa Newsletter

Comente esta publicação

Acompanhar a discussão
Notificar de
1 Comentário
Mais antigos
Mais recentes Mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Antonio Martins
1 ano atrás

Fascismo nunca mais!

INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora | 2024 Sede Nacional: Rua Riachuelo, 122 - CEP: 01007-000 | Praça da Sé - São Paulo - SP | Fone: +55 11 3105-5510 | E-mail: [email protected] Sindicatos e movimentos sociais. Permitida a reprodução dos conteúdos do site, desde que citada a fonte. Esse site é protegido por reCAPTCHA. Políticas de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam
Pular para o conteúdo