intersindical
Entrar
no grupo

Líder do MST na região do Bico (TO) é executado a tiros dentro de casa por homens encapuzados

Imagem:
Compartilhe:

Na madrugada desta terça-feira (13), o militante do MST, Raimundo Oliveira, de 46 anos, popularmente conhecido como Cacheado, foi executado dentro de sua residência, no bairro Vila Cidinha, na cidade de Araguatins (TO), na região conhecida como Bico do Papagaio.

Cacheado foi um militante valoroso, contribuindo em toda sua vida para a organização das famílias Sem Terra. Sua luta será lembrada e sua história alimentará a luta do MST por Reforma Agrária!

O MST exige justiça para Cacheado, que seus assassinos e mandantes sejam identificados, detidos e julgados, para evitar mais assassinatos no campo! Lutar não é crime!

Basta de violência no campo!

Aos nossos mortos, nenhum minuto de silêncio, mas uma vida inteira de lutas!

Raimundo Nonato, conhecido como Cacheado

Notícia da Morte

Um dos principais líderes do Movimento Sem Terra (MST) no Tocantins, Raimundo Nonato Silva Oliveira, 46 anos, foi executado a tiros no início da madrugada desta terça-feira (13/12) na cidade de Araguatins, no Bico do Papagaio.

Conforme a Polícia Militar, a corporação recebeu denúncia por meio da Central de Operações (Copom) dando conta de que teria ocorrido um disparo de arma de fogo no interior de uma residência localizada no bairro Vila Cidinha.

No local, a moradora da residência, uma mulher de 43 anos, relatou à PM que estava deitada com Raimundo Nonato, seu namorado, quando três homens encapuzados arrebentaram a porta da frente da residência, invadiram a casa e atiraram contra a vítima.

Raimundo Nonato não resistiu aos ferimentos e morreu em cima da cama. A mulher não soube informar precisamente quantos disparos foram efetuados e nem a possível motivação do crime. A vítima era conhecida na região pela alcunha de ‘Cacheado’.

Equipes da Polícia Científica e do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local do crime. A Polícia Militar realizou diligências nas proximidades, mas não localizou nenhum suspeito. O caso será investigado pela Polícia Civil (PC).

Raimundo Nonato entrou para o MST em 2003 e chegou a ser dirigente estadual e coordenador do acampamento Alto da Paz, em Araguatins, até 2009, quando precisou deixar a região do Bico do Papagaio por causa de perseguições. Depois ele passou a ser militante do movimento na Bahia. Cacheado era natural de Barra do Corda (MA).

FONTE: AF Notícias

Acha esse conteúdo importante? Entre em nosso grupo de WhatsApp ou inscreva-se para receber nossa Newsletter

Comente esta publicação

Acompanhar a discussão
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora | 2014-2024. Sede Nacional: Rua Riachuelo, 122 - CEP: 01007-000 | Praça da Sé - São Paulo - SP | Fone: +55 11 3105-5510 | E-mail: [email protected] Sindicatos e movimentos sociais. Permitida a reprodução dos conteúdos do site, desde que citada a fonte. Esse site é protegido por reCAPTCHA. Políticas de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam
intersindical

Cadastre-se

Receba novidades em seu e-mail. Sem spams.
Pular para o conteúdo