intersindical
Entrar
no grupo

Trabalhadores reivindicam valorização do salário mínimo e igualdade salarial no 1º de Maio

Imagem:
Compartilhe:

Milhares de trabalhadores e trabalhadoras se reuniram no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, no último 1º de Maio, para mais um Dia dos Trabalhadores e das Trabalhadoras e reivindicar direitos e melhorias no mundo do trabalho.

A política de valorização do salário mínimo foi uma das principais pautas levantadas durante o evento. A secretária Geral da Intersindical, Nilza Pereira, destacou a importância do aumento real do salário mínimo. “Temos de saudar todas as medidas que estão sendo anunciadas neste 1º de Maio. Uma delas é a questão do salário mínimo, uma vez que o salário mínimo é referência para a aposentadoria, por exemplo”.

Nilza também fez referência e defendeu a aprovação imediata do PL 1085/23, que trata da igualdade salarial entre homens e mulheres para a mesma função. “O momento é que as trabalhadoras e os trabalhadores façam pressão nos deputados para que coloquem nas pauta a votação desse projeto, porque quando uma mulher avança, ela carrega todas as outras mulheres e inclusive os homens junto”.

Eneida Koury, Secretária de Finanças do Sindicato dos Bancários de Santos e Região e Direção Nacional da Intersindical, destacou que ainda há muita luta para ser feita. “É necessário ampliar os direitos trabalhistas, resgatar os direitos sociais, resgatar a nossa ciência, nosso hospitais, as nossas universidades, nosso meio ambiente, resgatar o respeito aos povos originários”.

Outra demanda dos destacada foi a mudança no sistema de relações de trabalho, com a garantia de direitos e a valorização da negociação coletiva. O mundo do trabalho por aplicativos e plataformas também foi tema de discussão no evento. Os trabalhadores denunciaram as precárias condições de trabalho e a falta de direitos trabalhistas nesse setor.

O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva também esteve presente na atividade e também falou sobre a política de valorização do salário mínimo. “Quando o salário mínimo aumenta quem ganha não é só o trabalhador que ganha o mínimo, ganha o cidadão do comércio, o cidadão que vende cachorro-quente, o cidadão que vende pastel, o cidadão que vende comida, porque o trabalhador, tendo mais dinheiro, ele compra mais”, disse. “Até os mais ricos ganham com o aumento do salário mínimo”, enfatizou, Lula.

Foto: Fernando Diegues, Nelson Ezídio, Vanilda Oliveira / Edição: Alexandre Maciel
Vídeo: Alexandre Maciel

Acha esse conteúdo importante? Entre em nosso grupo de WhatsApp ou inscreva-se para receber nossa Newsletter

Comente esta publicação

Acompanhar a discussão
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora | 2014-2024. Sede Nacional: Rua Riachuelo, 122 - CEP: 01007-000 | Praça da Sé - São Paulo - SP | Fone: +55 11 3105-5510 | E-mail: [email protected] Sindicatos e movimentos sociais. Permitida a reprodução dos conteúdos do site, desde que citada a fonte. Esse site é protegido por reCAPTCHA. Políticas de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam
intersindical

Cadastre-se

Receba novidades em seu e-mail. Sem spams.
Pular para o conteúdo